TJRR implanta PJE na Turma Recursal

A Turma Recursal do TJRR passou a operar, desde 01 de agosto, por meio do Processo Judicial Eletrônico – PJe, para atendimento dos recursos interpostos nos processos de juizados que se encontram tramitando no sistema. A implantação segue o cronograma estabelecido pelo Comitê Gestor do PJe, presidido pelo desembargador Almiro Padilha.
 
 
O sistema está sendo implantado no TJRR desde janeiro de 2013 e, até agora, cerca de 3,5 mil processos já foram distribuídos eletronicamente na 1ª instância. O PJe está em funcionamento no Juizado Especial da Fazenda Pública, e agora, na Turma Recursal, e para o próximo mês estão previsto a implantação dos Juizados Especiais Cíveis da capital, Boa Vista. A partir da implantação, advogados, magistrados e servidores devem dispor de certificação digital, necessário para todos os atos realizados em processos eletrônicos.
 
Aproveitando a implantação da Turma Recursal, a equipe da Secretaria de Tecnologia da Informação – STI do TJRR atualizou o sistema para a versão 1.7.1.4, a mais recente em produção nos Tribunais de Justiça de todo o país.
 
A equipe já se encontra na fase final de homologação da última versão do sistema liberada pelo CNJ, a 1.7.1.5, alinhada assim com a diretiva do CNJ.
 
A STI, seguindo o cronograma de implantação do PJe, vem efetuando ciclos de treinamento abrangendo servidores, magistrados e multiplicadores para Advogados, membros do Ministério Público do Estado de Roraima, Defensoria Pública do Estado – DPE e das Procuradoria Públicas Estaduais e Municipais.